Qual a importância da cor do muco?

Sinal de que estamos lidando com algum invasor ou uma crise alérgica, o aumento de produção e a coloração do muco merecem atenção

Qualquer sinal de alteração na saúde das vias respiratórias e pronto: lá está o nariz entupido e escorrendo sinalizando que é bom se cuidar para o quadro não ficar ainda pior. E você sabia que a cor do muco, ou catarro, pode indicar com que tipo de doença você está lidando?

Antes de tudo, vale lembrar que o muco é produzido pelo nosso corpo como uma das formas de defesa do organismo a invasores, ou como forma de manter certos órgãos sempre hidratados e lubrificados. No caso do nariz, ele serve para bloquear a entrada destes invasores e expulsá-los, no melhor estilo dos seguranças de casas noturnas!

O muco é formado basicamente por água, sais, um tipo de proteína e restos de células. Ele é produzido por glândulas que ficam logo abaixo das mucosas. Sua presença em excesso, com alterações em sua textura, cheiro e cor, é um alerta de que algo de errado está ocorrendo no organismo.

No caso das vias aéreas, o muco ou catarro sofre alterações em sua coloração quando estamos passando por alguma crise alérgica ou por alguma infecção, que pode ou não ter atingido os pulmões. Saiba como identificar as possíveis origens do problema, lembrando sempre que é preciso procurar um serviço de saúde antes de se medicar.

Esbranquiçado
Quando estamos saudáveis, o muco, ou catarro, é transparente, com muita água e facilmente reabsorvido pelo organismo. Porém, se a produção aumenta bastante e ele começa a apresentar uma coloração mais esbranquiçada, é sinal de que estamos enfrentando uma crise alérgica. Tal crise pode evoluir para um quadro de rinite ou asma, por isso é importante iniciar logo o tratamento adequado.

Amarelo
Se o muco estiver amarelado, temos um indício de infecção viral nas vias aéreas. Os conhecidos resfriados e crises de sinusite podem causar este tipo de efeito, mas outras infecções virais mais sérias merecem atenção, como pneumonia.

Verde
O muco esverdeado indica infecção bacteriana, por isso muitas vezes aparece quando a pessoa também fica com febre e abatida. O tratamento pode envolver o uso de antibióticos, tanto para combater infecções de garganta, como de pulmão (como pneumonia).

Avermelhado ou amarronzado
Este tipo de coloração indica que há algum tipo de sangramento nas vias aéreas. Não há motivo para alarme se for de cor clara, indicando que a tosse e a irritação romperam algum pequeno vaso. Porém, se a coloração for mais escura, este muco/catarro pode indicar problemas mais sérios, como um tipo de pneumonia provocada por fungos. Se este tipo de sintoma persistir, mesmo que a pessoa não apresente nenhum indício de estar doente, vale procurar o médico para investigar. Os fumantes costumam conviver com um muco de cor mais forte, por conta da ação da nicotina e dos produtos químicos do cigarro nas vias aéreas.

Além da coloração, é preciso prestar atenção na consistência e no cheiro do muco. Quanto mais líquido e sem cheiro ele estiver, melhor. Um muco/catarro muito espesso e/ou com cheiro forte é outro indício de que há algum tipo de infecção no organismo.